Search
Close this search box.


custom football jerseys custom football jerseys florida state football jersey detroit lions jersey College Football Jerseys Florida state seminars jerseys asu jersey johnny manziel jersey micah parsons jersey detroit lions jersey johnny manziel jersey johnny manziel jersey College Football Jerseys College Football Jerseys asu jersey

Fevereiro de 2019.

Tem noção de quanto tempo você e sua equipe perdem durante o dia com distrações que te impedem de chegar mais rápido aos resultados que você deseja para sua empresa? Ou de quanto sua empresa deixa de produzir por conta de uma estrutura organizacional que não favorece o mindset de crescimento de seus funcionários?

A WERK está sempre atenta e atualizada a novos métodos que tragam resultados concretos para as empresas. As metodologias ágeis podem ser usadas em qualquer área e se aplica para todos. Principalmente para quem é gestor ou o mentor da empresa. A falta de comunicação, os problemas de definição de escopo e os atrasos nas entregas de produtos e serviços são fatores críticos que podem ser evitados com processos bem desenhados e melhorar a qualidade e assertividade dos serviços.

Na década de 60, a japonesa Toyota criou o sistema KANBAN, para sinalizar as etapas do processo de fabricação e prever gargalos na produtividade industrial. A palavra KANBAN que significa “placa” em japonês, é um sistema visual parecido com o Canvas, em que podemos utilizar até mesmo post-its para sinalizar todas as etapas processuais de uma empresa. Podemos considerar o KANBAN como um exemplo de metodologia.

Não se trata de um processo simples e sua implantação requer conhecimento especializado de produção industrial, treinamento de equipe de vendas e uma nova cultura na empresa. Para sua implantação é necessário a criação de metodologias que facilitem a absorção da nova cultura por toda a empresa.

Além do KANBAN, existem vários métodos para aplicar em uma empresa, entre eles temos o mapeamento de fluxo de valor ou Mapa de Fluxo de Valor – MFV, que é uma poderosa ferramenta de comunicação e planejamento, que além de servir para que as pessoas conheçam detalhadamente seus processos de fabricação, suas rotinas e suas responsabilidades, ajuda cada participante a monitorar seu desempenho em uma nova cultura de empresa. Junto com esta metodologia recomenda-se também que a empresa tenha uma assessoria financeira que é necessária para que se possa medir e melhorar resultados, isso é o que chamamos de Inteligência Corporativa. Com a inteligência de uma empresa bem implantada, se estabelecem níveis de qualidade e conhecimento para todos os colaboradores da empresa, se estabelece uma linguagem comum entre eles iniciando, posteriormente, um processo de melhoria e crescimento qualitativo e quantitativo.

Convenção da Empresa Rinnovo Móveis Sob Medida para início da implantação do Serviço de Inteligência Corporativa

Para a implantação da Inteligência Corporativa em uma empresa, é preciso que se defina qual o produto ou serviço da empresa se deseja mapear primeiro, inicia-se o desenho do estado atual a partir da coleta de informações como tempos, número de pessoas envolvidas em cada processo, atividades individuais e coletivas, uso de sistemas informatizados, onde através destas informações é realizada uma diagnose e posteriormente, cria-se através de metodologias ágeis, um modelo mais eficiente de empresa. O desenho do estado futuro vem na sequência, acompanhado do plano de trabalho e implementação que a empresa recebe no serviço de Inteligência Corporativa. O objetivo deste plano é fazer com que o estado futuro se torne realidade, através do processo de implantação-monitoramento-correção-redesenho. Temporariamente pode ser utilizada a metodologia A3 que é outra excelente ferramenta de baixo custo que pode ser utilizada para apoiar a implementação da Inteligência Corporativa.

O mapeamento de Fluxo de Valor (MFV) será um direcionador para as melhorias nos processos responsáveis pela transformação de um produto e juntamente com o KANBAN, criará a possibilidade de acompanhar e medir desempenhos individuais e coletivos/setoriais. Depois de realizado os mapas de estado atual e estado futuro, a empresa perceberá que este trabalho tem resultados positivos além dos esperados, pois se trata de um treinamento para pessoas e o desenvolvimento natural da nova cultura é algo que só se pode prever durante sua implantação e rotina. É importante ressaltar que não se trata de um custo para a empresa e sim, de um investimento com pay back de 18 meses dentro do faturamento da empresa.

Após toda esta transformação interna da empresa se faz necessário uma nova arquitetura de marca, para que todo o público-alvo da empresa perceba naturalmente que algo novo aconteceu, não apenas na forma de atuar e vender, como na qualidade de vida de seus funcionários. Desta forma cuidamos da saúde da empresa e de seu crescimento ordenado e construímos uma nova imagem social, valorizando ainda mais a marca.

E sua empresa, precisa ou não de uma cultura inteligente e disruptiva para alavancar seus resultados e permanecer sempre em destaque em relação ao mercado?

Robson Gomes | Designer Sênior WERK

Atendimento Online